Ambiente Virtual de Orientação de Estágio Curricular Supervisionado em Gestão Educacional.   

Visão geral da ação pedagógica desenvolvida na gestão de espaços educativos.  A observação e a intervenção como formas de conhecer e transformar a realidade escolar. Envolve a observação, a participação e a intervenção fundamentadas. "Um saber fazer" que busca orientação nas teorias pedagógicas estudadas e que respondam às demandas provocadas na prática. 

O planejamento da Educação no Brasil. Política e planejamento educacional. A necessidade e urgência do planejamento no contexto educacional brasileiro. As principais tendências e concepções do planejamento. A prática do planejamento participativo: formulação, implementação, acompanhamento e avaliação com o exercício de atividades práticas.

A ação do coordenador, tal qual a do professor, traz implicitamente, um saber refletir no coletivo – articular, saber ser com os outros – formar, saber fazer no coletivo – transformar. A atuação do coordenador como produtor de mudanças na prática dos professores. O trabalho do coordenador: planejado, intencional, coletivo, um trabalho com consciência e sincronicidade cuja prioridade é a formação contínua dos professores com exercício de práticas.

A gestão democrática como foco na condução em instituições e escolas com cursos de Educação Infantil e Ensino Fundamental. A observação e a reflexão sobre a realidade, análise crítica e possibilidades de intervenção com vistas a transformar a realidade escolar com o exercício de atividades práticas. Investigação, participação e acompanhamento dos processos de gestão educacional em articulação com as tendências teóricas contemporâneas que respondam às demandas colocadas pela prática.

Avaliação educacional: fundamentos teóricos. As principais tendências e perspectivas da avaliação, presentes na educação brasileira. Avaliação institucional como avaliação interna da escola e externa, pelo sistema com exercício de práticas.

Ambiente de orientação do Trabalho de Conclusão de Curso

Contribui para o desenvolvimento da capacidade científica, crítico-reflexiva e criativa do aluno, articulando o processo formativo e ampliando e consolidando os estágios e iniciação científica. Propicia a realização de experiências de pesquisa e de extensão universitária, como condição de progressão acadêmico-profissional no nível de pós-graduação ou de inserção sócio-comunitária. Propõe estimular a participação dos alunos em atividades que ampliem as dimensões dos componentes curriculares relacionadas à educação e à cultura como meio complementar à formação profissional do pedagogo .